quinta-feira, 3 de janeiro de 2008

AS PALAVRAS QUE NUNCA TE DIREI

Photobucket
Nunca direi, amo-te.
Nunca direi, preciso de ti.
Nunca direi que tu e eu
Sendo dois, somos um só;
Dois na existência,
Um na essência.
Dois como corpos,
Um no amor que fazemos.
Dois que se juntam,
Um que se funde na junção.
Nunca direi que és lindo.
Nunca direi que és belo.
Nunca direi que o teu sorriso
Me faz sorrir porque é teu
E, egoísta, também o quero para mim,
E assim de novo te fazer sorrir
Com o meu sorriso que é o teu.
Nunca te direi como gosto de te amar.
Nunca direi como desejo ter filhos teus.
Nunca direi como me fazes falta.
A falta que ocasiona
O meu sorriso parece um esgar,
Pela falta do outro lado do sorriso,
E os dias parecerem metades,
Faltando a metade que não vivi.
Nunca direi
Tantas coisas que não direi.
As que não precisam de ser faladas,
As que não faladas são ditas,
Num dizer de entendimento,
Que eu e tu, conluiados sabemos.
Uma troca de olhares.
Uma troca de corpos,
Onde tu não sabes se és eu,
Se tu és tu, ou o tu que eu sou!
Nunca direi, nunca direi!
Nunca direi porque tu não existes
Nunca direi, porque tu és sonho!
Nunca direi, mas não abandonarei.
Nunca direi, mas não perderei.
Nunca direi, mas guardarei num guarda-jóias
As palavras que nunca te direi
Que escondidas as reservo
Para quando te encontrar
As dizer, com aquelas
Que tu irás me ensinar a
Te dizer.
.
Nito Viana
(com adap)
Photobucket

3 comentários:

efeneto disse...

Sinto-me no lado oposto da palavra
diante de um posfácio por escrever
de um livro em branco
cheio de poemas indizíveis.
É como se estivesse no outro lado da alma
ou como se eu e ela fôssemos agora
e não antes nem depois
- e no entanto somos há tanto tempo –
num tempo sem tempo
nesta ponta do universo
onde nem sempre escrevemos Amor.
Garatujo palavras para quê
se belo é a música
e tudo o que me rodeia
Poesia para quê
se ela está aí... sem palavras.

Mas é com palavras que voltei
e com palavras lhe desejo um
óptimo fim de semana
na companhia de quem mais desejar.
Bom 2008

Oliver Pickwick disse...

Um belo poema poema, esse "As palavras que nunca te direi", assim como, o do post anterior.
Sorrio-te por tão refinada transcrição, princesa da sensualidade e doçura.
Beijos, e um ótimo Domingo!

Neusa disse...

Um belo poema...gosto da maneira como vc escreve, gostaria de sugerir a vc para que colocasse um mural em sua pagina...para os nossos recadinhos e indico a vc o melhor Codigofonte.net fácil de configurar.
Feliz Aniversário.