domingo, 9 de agosto de 2009

SOU TODA TUA


Nua, nua
toda tua
vê-me assim!
Diz-me lá,
queres-me já?
Vens pra mim?
.
Faz-me amor,

dá calor
à amada.
Já transpiras
e respiras
madrugada!
.

Dás-me tanto
que é espanto
que te dou.
Se te canto
teu encanto
aumentou!
.
Teresa Machado

Photobucket

5 comentários:

daufen bach. disse...

Olá,
passando aqui de novo e relendo teu espaço. poesia gostosa essa, uma sutil sensualidade, algo como cumplicidade.

Parabéns! a imagem também é linda!

abraço a ti.

daufen bach.

Silvia disse...

Ai, ai! Que maravilha! Uma joia de poema... "Transpiras e respiras madrugada..." Adorei.

Robert disse...

quite beautiful

Sandra Ribeiro disse...

Fiquei imensamente feliz com teu comentário e tua visita, é uma prazer vir em teu blog, belissimo!!!

Karla Thayse disse...

Olá, obrigada por visitar meu cantinho e pode voltar lá sempre que quiser sentiro perfume das minhas flores, será um prazer te receber.

Aqui é bem aconchegante, dá vontade de deitar e ler.

Um beijo