quinta-feira, 11 de outubro de 2007

OBSTINADA

Photo Sharing and Video Hosting at Photobucket
Desenhara em dias de sonho,
de sonhadora que era,
um lago calmo e sereno,
e uma casa bonita,
toda coberta de hera.
No desenho, uma brisa.
Mansa, que é como se quer
a brisa que em barcos desliza
os sonhos de uma mulher.
A brisa, de repente,rebelou-se.
Não mais suave, nem mansa.
Nem doce.
Vento forte, furacão,
saiu derrubando a casa,
sem mesmo poupar-lhe o portão.
Vento teimoso e rebelado,
e até um tanto abusado,
tinha por diversão
desfazer-lhe o lindo penteado.
A sonhadora, entretanto,
tinha seu lado malvado:
teimosa e insubordinada,
rompeu-se em desacatos,
armou pipas, pára-quedas.
Aprendeu a voar sobre os ventos,
desobedeceu-lhe as ordens,
e criou outros inventos.
O vento, por certo que não gostou.
Fez-se tornado,
levantou ondas no mar,
criou maremotos
váriosque a viessem afogar.
Em vão:quem aprende a voar,
é pra lá de obstinada.
Também aprende a nadar.
.

Débora Cristina Denadai
Photo Sharing and Video Hosting at Photobucket

Um comentário:

efeneto disse...

Se a bola e a arte
não me atraiçoam
prevejo para os próximos dias
mau tempo no litoral
no centro, a norte e sul de Portugal.
Instabilidade térmica
fortes ventos a soprar.
Se aqui não me encontrarem
É porque procurei refúgio
Na minha bola de cristal!

E porque as “férias” se acabaram
Resta-me lhe desejar
Bom fim-de-semana
Que eu p´ro “grito” vou esperar...

(extremo bom gosto visual...voltarei com mais tempo...beijo.)