sábado, 24 de outubro de 2009

SOLIDÃO


Ando as tantas inventando novas viagens.
Cansei de olhar ao redor e não enxergar.
Dias atrás estive não sei onde.
E lá aonde tudo era perfeito pari outra.
Agora ela persegue os meus mundos
Estou voltando para o enigmático deserto.
Lá os crimes são perfeitos: pó a pó.
Basta de fantasias, ela que se afogue areia.
Sou medusa dos meus próprios reinos.

Eliane Alcântara.


Photobucket

3 comentários:

Evelyn Oliveira disse...

Olá,
Estou dando uma passada rápida para avisar que darei um tempo da net por uns tempos por problemas pessoais.
Quero agradecer a atenção e o carinho que todas as meninas do blog têem por mim e pelo cupcake.Obrigada!!!

Bjos e até +

Adolfo Payés disse...

Bello pasar por tu espacio.. invade la ternura al leerte..

Un beso

Un abrazo
Saludos fraternos..

Ana Lúcia Porto disse...

Oi Sil,
Este seu texto veio a calhar com o meu estado de espírito há uns dias atrás... Eu estava sentido uma grande necessidade de viver um "NOVO"...
Beijos, é um texto muito bonito...,
Ana Lúcia.