sábado, 31 de outubro de 2009

SE EU TE AMO

Se eu te amo no tapete da sala,
e estrelas escorrem desse céu de veludo,
é que desnudo está o meu corpo
sob o teu,
você é a noite.
Se eu te amo na poesia
que as tuas mãos desenham,
e fortes se empenham
na alforria das palavras,
é que desnudo está o meu ouvido
na euforia dos teus encantos,
eu sou o poema.
Se eu te amo no gemido,
do fonema em mim despido,
você é a canção.
Se eu te amo e nunca lhe disse,
me faço nua,nessa minha (re)"leitura"
.
Luciane


Photobucket

6 comentários:

Sylvia disse...

Lindo como de costume!

Adolfo Payés disse...

Romántico como tierno tus versos..

Un beso..

Un abrazo
Saludos fraternos..

Sereia disse...

Bom dia amiga!!!
Esse blog está fervendo de paixão,que maravilha...
Um beijo grande...

Evelyn Oliveira disse...

Oie,
Estou passando para avisar q estou melhor e para agradecer a força e o carinho. O blog já está no ar e com novidades, depois dá uma passadinha lá para conferir e dar o seu bedelho sobre como ficou, ok?

Tenha um ótimo final de semana!

Um grande abraço e até+

A Magia da Noite disse...

amar no silêncio, é apenas o começo de um amor que precisa ser dito, escrito e (re)lido.

Xan disse...

Ameiii seu blog...lindo
bjsss Xan